REVISTA DE TRABALHOS ACADÊMICOS – UNIVERSO BELO HORIZONTE, Vol. 1, No 5 (2021)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: atuação do enfermeiro no acolhimento a mulher na atenção primária

Lucinete Duarte dos Santos Duarte Santos, Wesley Costa ARCHANJO Costa ARCHANJO,, Helita de Oliveira FONTES Oliveira FONTES, Núbia Cassiana GOMES Cassiana GOMES, Júlia Cristina de OLIVEIRA Cristina OLIVEIRA

Resumo


OBJETIVO: Analisar através dos estudos realizados nos artigos escolhidos se o enfermeiro está preparado para o acolhimento da mulher vítima de violência doméstica na atenção primária, as causas da não capacitação do enfermeiro; considerar o perfil das mulheres usuárias dos serviços de atenção básica de saúde. Avaliar se existe uma preparação e a formação contínua dos profissionais de enfermagem sobre as suas responsabilidades diante das pacientes que apresentam esse tipo de quadro. METODOLOGIA: Este estudo identifica-se como uma Revisão Integrativa elaborado a partir da revisão bibliográfica dos artigos que se encontravam disponíveis. Utilizou-se como indicadora de estudos se o enfermeiro está preparado para o acolhimento da mulher vítima de violência doméstica na atenção primária, bem como a busca de artigos no banco de dados da SciELO, Lilacs, BVS e Revistas Eletrônicas. RESULTADOS: Pode-se observar a ausência de capacitação dos enfermeiros no atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica. Os artigos encontrados evidenciaram que dos 25 artigos utilizados 15 obtiveram como resultado a não capacitação do profissional durante a graduação, para o acolhimento da mulher na atenção primária, cerca de 60%. Dentre as medidas preventivas mais utilizadas destaca-se a formação através de cursos de capacitação e a padronização dos atendimentos a esta clientela. CONCLUSÃO: O presente estudo possibilitou reconhecer as situações de violência vivenciadas por mulheres de variadas classes sociais que procuram atendimento nos serviços básicos de saúde na atenção primária e a necessidade de uma preparação adequada durante a formação de enfermeiros que trabalham diretamente com estas pacientes.

Descritores: Enfermagem; Atenção básica; Violência doméstica; Mulher.


Texto Completo: PDF

ISSN 2179-1589

PUBLICAÇÕES UNIVERSO